Ritmistas da Renascer ganham elogios de craque em bateria

Ritmistas da Renascer ganham elogios de craque em bateria
Mestre Odilon e Mestre Dinho Santos. Foto: Divulgação.

Quando o assunto é ritmo, poucos profissionais do Carnaval conhecem tanto quanto Mestre Odilon. Ídolo de muitos ritmistas, ele fez uma visita à Renascer de Jacarepaguá, durante o ensaio de terça-feira, 30 de janeiro, observou o andamento da bateria da escola, ouviu as bossas e elogiou o trabalho de Mestre Dinho.

Odilon afirmou que os ritmistas da Renascer de Jacarepaguá estão prontos para a nota 10. “Mestre Dinho está pronto pra avenida, a bateria é excelente. Observei todos os detalhes de afinação, os tamborins, chocalhos, tudo. Se o carnaval fosse hoje ele tirava nota dez. Gosto de ver trabalho do Dinho, o jeito que ele trabalha com o ritmo, na mão dele, é surpreendente. O principal da bateria estava ótimo, os repiques, a marcação e as caixas. Com certeza ele vai garantir os merecidos 40 anos.”

Dinho Santos

Dinho Santos tem 40 anos e, antes de se tornar mestre de bateria da Renascer de Jacarepaguá, foi diretor do segmento no Império Serrano e formou sua carreira participando ativamente como diretor do quesito em escolas como Inocentes de Belford Roxo, União da Ilha do Governador e Acadêmicos do Grande Rio, esta última sendo diretor auxiliar há três anos.

Músico de formação, trabalhando há 19 anos com diversos artistas, como Monarco, Arlindo Cruz, Sério Loroza, Dudu Nobre, Zeca Pagodinho, Seu Jorge, Fernanda Abreu, Dicró entre outros, o comandante da bateria Guerreira firma sua carreira com seu trabalho autoral Rio Samba ‘N’ Roll que mistura pop rock e samba e à frente dos ritmistas da agremiação nos últimos seis anos.

2018

Para o Carnaval 2018, o mestre de bateria está confiante em fazer um grande desfile pela vermelho e branco do Largo do Tanque. “Receber Mestre Odilon é uma honra. Ele pensa muito a frente no quesito. Hoje somos amigos, mas é maravilhoso receber toda a experiência dele, seus conselhos e toques. É um cara super sincero, pra mim ele é o Papa dos mestres de bateria. Trabalhamos firme em cima do naipe de caixas, respeitando as justificativas do ano passado, apesar de não concordar com elas. Vou com 220 ritmistas, com cinco bossas ensaiadas. É a única bateria da Série A que virá com caixa embaixo e continuar o trabalho que fazemos desde 2013, com muito ensaio e dedicação máxima.”

A Renascer de Jacarepaguá será a quinta escola a desfilar na sexta-feira de Carnaval pela Série A com o enredo De flechas e de lobos, dos carnavalescos Alexandre Rangel e Raphael Torres.

Curta facebook.com.br/revistacarnaval.
Siga twitter.com/revistacarnaval.
Acesse instagram.com/revistacarnaval.
Inscreva-se em nosso canal no YouTube.

Be the first to comment

Leave a Reply

Seu e-mail não será publicado.


*