Carnavalesco deixa a Nenê de Vila Matilde

Carnavalesco deixa a Nenê de Vila Matilde

O carnavalesco da Nenê de Vila Matilde, Alex Fão, publicou uma carta nas redes sociais nesta sexta-feira, 31 de março, comunicando seu desligamento da agremiação. Ele agradeceu o apoio e o acolhimento da comunidade da escola e afirmou que aprendeu a amar o pavilhão azul e branco. O artista, porém, lamentou “a falta de estrutura para que o projeto tivesse sido realizado em sua plenitude”.

Alex Fão desenvolveu para a Nenê da Vila Matilde o enredo Coré Etuba. A ópera de todos os povos, terra de todas as gentes, Curitiba de todos os sonhos, com que a escola ficou na 14ª posição no Grupo Especial e caiu para o Grupo de Acesso.

Mensagem

“Nota de desligamento

É com certa tristeza no coração que venho por meio deste, comunicar meu desligamento da escola de samba Nenê de Vila Matilde.

Agremiação que aprendi a admirar e respeitar dia após dia. Arrisco dizer até amar, pois só com muito amor, suportei todas as dificuldades e consegui concluir o projeto 2017.

Agradeço a todo apoio de cada Matildense que me abraçou e me acolheu como filho. Como gratidão e reconhecimento, procurei sempre ser presente, atencioso e transparente com cada componente dessa comunidade guerreira.

Ali aprendi realmente o que é amar um pavilhão e todo o significado que ele tem para essa gente que ama acima de tudo sua escola.

Minha única frustração foi a falta de estrutura para que o projeto tivesse sido realizado em sua plenitude.

Mas retiro-me de cabeça erguida e com a sensação de dever cumprido.

Pois fui até o final e contei com o apoio das mãos da comunidade, que é o mais importante.

Agradeço a cada componente pelas mensagens e manifestações de carinho e aos pedidos para minha permanência na escola. Grato, de coração!

Não era minha intenção deixá-los, porém, quando as circunstâncias e certas atitudes vão contra nossos princípios, devemos priorizar nosso auto respeito.

Desejo toda a sorte do mundo nesta retomada da escola e que os ventos soprem a favor.

Certo de que dei meu máximo e de que alguma forma evolui como profissional e como ser humano, meu muito obrigado!”

Curta facebook.com.br/revistacarnaval.
Siga twitter.com/revistacarnaval.
Acesse instagram.com/revistacarnaval.