23 de fevereiro de 2024
Série ouroÚltimas notícias

Ilha mais confiante para o resultado do carnaval de 2024

Após o rebaixamento para a Série Ouro ao terminar em último lugar no Carnaval de 2020, a União da Ilha está empenhada em retornar ao Grupo Especial. A escola já realizou dois desfiles no Grupo de Acesso, terminando em terceiro lugar em 2022 e em sexto lugar em 2023.

Apesar dos resultados anteriores, os membros da Ilha demonstram maior confiança no desfile de 2024, atribuindo grande importância ao enredo para o tão esperado retorno. Sérgio Luiz, assistente administrativo de 44 anos, que desfilou pela primeira vez em 1998, acredita no diferencial do enredo afro-infantil.

“Acredito que nosso enredo pode ser o ponto chave para o retorno. Geralmente, fazemos ótimos desfiles com temáticas afro. E a pegada infantil, que a escola executa tão bem, também está presente. A comunidade está empolgada, acreditando nas chances de retorno.”

Por outro lado, Beatriz Arcieri, professora de idiomas de 58 anos, demonstra cautela em relação ao título da Série Ouro, mencionando boatos e mantendo expectativas moderadas.

“Gostaria muito que a nossa escola fosse campeã. Ouvimos boatos, e não sei se o enredo será suficiente para enfrentar isso. Não crio muitas expectativas, mas espero que dê tudo certo.”

O primeiro casal de mestre-sala e porta-bandeira, Thiaguinho Mendonça e Amanda Poblete, expressa felicidade com a representatividade do enredo e otimismo para o retorno ao Grupo Especial.

“Estamos muito otimistas. A Ilha tem treinado intensamente, realizando excelentes ensaios de rua. A comunidade está muito aguerrida. Já no primeiro ensaio, o samba estava na ponta da língua de todos. O enredo traz um significado bonito e necessário. Cada setor está se esforçando para trazer a Ilha de volta ao Grupo Especial,” diz Amanda.

“Creio que a Ilha está resgatando sua essência, trabalhando com enredos leves, descontraídos e populares, mas com propósito. Neste Carnaval, a Ilha destaca o cuidado com as crianças, educando a população sobre o tratamento das pessoas negras. É uma mensagem importante e necessária,” acrescenta Thiaguinho.

A União da Ilha será a quarta escola a desfilar no sábado de Carnaval, dia 10 de fevereiro, na Marquês de Sapucaí. Apresentando o enredo “Doum e Amora: crianças para transformar o mundo!”, de autoria do carnavalesco Cahê Rodrigues.