17 de abril de 2024
DestaqueÚltimas notícias

Carnaval da Estrada Intendente Magalhães supera expectativas

Nova iluminação e recuo da bateria modernizado foram os principais destaques

O Carnaval mais tradicional da Zona Norte do Rio voltou ao local de origem, com uma estrutura inovadora. Além de dar mais conforto ao público que acompanha de perto o evento, tido como o carnaval mais popular da cidade, o formato trouxe uma iluminação que torna a Passarela Popular da Estrada Intendente Magalhães mais segura e valoriza a apresentação de quem passa pela Avenida.

Com 380 metros de extensão, a passarela da Intendente Magalhães serve de palco para os desfiles de 81 agremiações carnavalescas. Já desfilaram os blocos de enredo da Federação de Blocos Carnavalescos e Escolas de Samba do grupo de Avaliação e Séries Prata e Bronze, filiadas a Super Liga Carnavalesca do Brasil. Durante estes dois dias, ainda irão desfilar 28 agremiações das Séries Prata e Bronze, da Super Liga, que disputarão, até sábado, dia 17, o título de campeã, além de garantir um lugar na elite do Carnaval carioca. Entre as agremiações que vão desfilar, estão Renascer de Jacarepaguá, Tradição, Lins Imperial, Acadêmicos do Cubango, Leão de Nova Iguaçu e Jacarezinho.

Segundo o vice-presidente da Riotur, Gustavo Mostof, para que os desfiles voltassem à Estrada Intendente Magalhães, houve a necessidade de adotar novo espaço, dentro da própria via, para que a UPA de Campinho estivesse liberada ao trafego de veículos de emergência. Com a finalidade de fazer ajustes, foram realizadas visitas técnicas e estudos, para trazer mais conforto ao público e enaltecer o trabalho das escolas.

Por meio de pesquisas, chegou-se à conclusão de que era necessário um novo recuo de bateria, que proporcionasse maior eficiência no movimento de armação das agremiações.

“Estudei muito uma maneira de inovar nos desfiles da Intendente Magalhães. Ao analisar a pista, junto com nossa equipe técnica da Riotur, bolamos uma maneira de trocar o recuo da bateria, que, anteriormente, acontecia em frente à UPA”, afirma Mostof.

A equipe definiu um espaço ideal para a concentração das baterias: a parte da frente da quadra da antiga escola de samba Tradição. Após algumas obras de adequação, um novo recuo, semelhante ao primeiro recuo da bateria do Sambódromo, foi projetado.
“Pensamos em recriar na Intendente a mesma logística dos desfiles da Sapucaí. Além de encaixar no recuo, ganhamos espaço de armação, no mesmo formato do setor um, que é super importante para as escolas. Ao chegar o desfile mais para a frente, tirando-o da lateral da UPA, criamos o recuo e demos nova cara ao local, com iluminação cênica, pórtico e box. Ficou perfeito” declara Gustavo Mostof.

As novidades não param por aí. Uma delas é o moderno sistema de som adotado nos desfiles, com 2 caminhões com gerador, dotados de sistema de som linearray, na potência de 48.000w RMS. O sistema de três vias, processado e mixado com mesa de som digital, confere perfeita mixagem e ajuste de todos parâmetros necessários para o desfile, com som limpo e quase sem interferências.

“Está sendo muito satisfatório vermos essas mudanças no local, em especial as baterias com esse charme a mais, com todos os ritmistas de frente, enquanto acontece o desfile”, finaliza Mostof.

Fotos: desfiles da Intendente Magalhães
Crédito: Alexandre Loureiro / Riotur